• Your Solutions

Fortaleza e Natal terão roteiros conjugados com Canoa Quebrada e Pipa

Fortalecer o Turismo entre as duas capitais. Esse é o objetivo do projeto Turismo Integrado Natal-Fortaleza, que inclui também Pipa (RN) e Canoa Quebrada (CE). O lançamento está previsto para a segunda quinzena deste mês. A elaboração envolve as secretarias de Turismo dos quatro municípios.

Concebido no final de 2019 para ser lançado no primeiro semestre de 2020, o projeto ficou parado devido à situação de insegurança sanitária. Mas, com todos os cuidados de biossegurança, será lançado neste mês.


“Esse é um projeto inovador, pois é a primeira vez que duas capitais se unem para se promover juntas, ao invés de disputarem o mesmo turista”, ressalta o secretário de Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira.


“No final de 2019 fui a Natal levar a ideia ao secretário Fernando Fernandes, que não só acolheu, como se entusiasmou. Também apresentei o projeto ao ministro do Turismo, Gilson Machado, que manifestou amplo interesse", afirma Pereira.


Para o secretário de Turismo de Natal, Fernando Fernandes, esta união vai ajudar a impulsionar a economia, que vem sofrendo grandes perdas neste período de pandemia. “A ideia surgiu antes disso tudo, mas hoje vemos que ganhou força, pois há uma demanda maior por viagens internas. Por outro lado, o projeto impulsionará a economia nesses municípios, onde o profissional de turismo está ávido por voltar a trabalhar”, comenta Fernando Fernandes.


Na prática, o projeto prevê que o turista inicie a viagem por uma das capitais e finalize por outra. De acordo com Alexandre Pereira, foi inspirado nas experiências dos países europeus, onde é muito comum o turista chegar no continente por uma cidade e retornar por outra.


O projeto prevê um roteiro detalhado, com sugestões de passeios bem diversificados, do turismo de aventura ao de contemplação e ecologia, entre outros. Ainda segundo o secretário de Turismo de Fortaleza, a divulgação inclui feiras e workshops do setor de Turismo ao longo do segundo semestre.


O secretário de Turismo de Aracati, Luan Mota, e o prefeito Bismarck Maia (ex-secretário de Turismo do Ceará), do município onde fica a praia de Canoa Quebrada, comentam que é preciso estar preparado para a retomada. “Normalmente, sem pandemia, o movimento de turistas de Canoa Quebrada é praticamente a metade do movimento de cinco agências bancárias. Isso hoje está parado”, avaliam.?


Já o secretário de Turismo de Tibau do Sul (RN), que engloba a Praia de Pipa, Lavoisyer Macena, ressalta que os quatro destinos estão entre os mais buscados no Nordeste. "Nossas belezas naturais, estrutura hoteleira, gastronomia e hospitalidade são ideais para tornar esse projeto uma importante ferramenta na retomada econômica", observa.


Fonte: Panrotas

4 visualizações0 comentário