• Your Solutions

Dinheiro traz felicidade?

Muitos costumam dizer que dinheiro não traz felicidade, enquanto outros acreditam que sim. Existem ainda aqueles que não concordam com a afirmação — mas acreditam que ter dinheiro ajuda bastante em todas as áreas da vida.

O próprio conceito de riqueza termina por ser muito amplo, e as pessoas tendem a se fixar exclusivamente no aspecto financeiro. Por isso, queríamos discutir esse assunto com você, partindo dessa simples, mas valiosíssima pergunta: dinheiro traz felicidade?

Continue a leitura e reflita sobre.


Como é a sua relação com o dinheiro?


A primeira premissa a se colocar é: riqueza é crença e atitude. Trata-se de um processo decisório que tomamos com base naquilo que mais desejamos realizar.

Só que o dinheiro e o sucesso imediato também não acontecem por acaso, mas sim baseado no você pretende aprender, conhecer e especializar-se. Estão associados ao que você está disposto a investir para crescer financeiramente.

Para tanto, vivemos completamente atrelados à questão financeira.

Por exemplo: investimos pesado em educação para termos as melhores condições de ingressar no mercado de trabalho. Uma vez lá, buscamos o aprimoramento (pessoal e profissional) para obter mais destaque, melhores salários, melhores cargos e conseguir equilibrar tudo aquilo que buscamos, como:

  • conveniência e praticidade, no dia a dia;

  • qualidade de vida;

  • ajudar o próximo;

  • atividades de lazer;

  • experiências novas.

E, é claro, o suficiente para investir pesado na educação de nossos filhos… Percebeu como, aqui, estamos abrindo novamente o ciclo que iniciou uma nova volta com você, anos atrás?

Tudo gira em torno de dinheiro. Se dizem que dinheiro não é importante, por que ele faz parte de nossas vidas de forma tão básica?


Essa relação exclusiva faz você sentir-se bem?


O dinheiro é fundamental para termos uma vida melhor e proporcionar melhores condições para outras pessoas também. O grande problema, entretanto, está na relação de amor ao dinheiro.

Se priorizamos essa relação em detrimento a um relacionamento saudável no matrimônio, às suas preferências pessoais e valores éticos e morais; se negamos auxílio aos outros para conservar ainda as nossas reservas financeiras, aí sim o dinheiro pode ser visto como um problema.

Daí a importância em saber que você pode buscar aquilo que mais deseja — e que o dinheiro tem participação ativa nisso —, mas sem agarrar-se ao valor do dinheiro como o único bem em sua vida.

Como fazer a mudança qualitativa na sua vida?


A riqueza é uma crença. Para tanto, se você apega-se a alguma das ideias negativas sugeridas no último tópico, suas crenças estão equivocadas.

Afinal, você tem que mudar esse panorama para compreender que o sucesso e a riqueza são possíveis, desde que você coloque em sua mente que, tudo aquilo que você desconhece para alcançar as suas metas e objetivos, é necessário aprender.

Foque, então, em algumas questões para mudar o seu mindset:

  • lembre-se que o dinheiro é bom;

  • com dinheiro, você ajuda outros a ganharem também — basta colocar em perspectiva o fato de que você pode retribuir tudo aquilo que conquistou, mas com generosidade ao próximo.

Ou seja: não basta conquistar, acumular e dizer para todos que você é uma pessoa rica, se você mantém a mentalidade desagregadora dominando os seus pensamentos e comportamentos.

Riqueza é abundância. A escassez, por outro lado, não se refere apenas ao que você não tem, mas gostaria. A escassez também existe para a pessoa rica. Afinal, ela se traduz na sua avareza e na necessidade em acumular e não em compartilhar.

Pois é fácil dizer que não tem dinheiro para ajudar o próximo, quando você apenas está protegendo um patrimônio seu e exclusivamente seu. A mentalidade rica é fortalecida em saber que, ao ajudar alguém, ela também está ajudando a si.

O bem que fazemos sempre volta. De uma maneira ou de outra, pois ajudar o mundo a melhorar um pouquinho mais, a cada dia, pode ajudar você a querer sempre mais — para ajudar mais.

Então, vale reforçar que o dinheiro traz felicidade, sim. Para você e para as outras pessoas. Só que isso tudo tem a ver com o primeiro passo que você pode dar. Uma mudança de comportamento, uma transformação na sua atitude. Não seja uma pessoa avarenta e escassa.

Tenha abundância. Isso faz de você uma pessoa mais rica e mais feliz. A riqueza está em primeiro lugar, na maneira como você pensa e age.

A mentalidade rica, inclusive, é um outro trabalho que pode ser feito de maneira constante para melhorar a sua relação com dinheiro e a sua felicidade. Quer saber mais a respeito? Dê uma conferida, então, em nosso artigo que conta os 7 segredos de uma mente milionária!

E isso apenas reforça o que vínhamos falando ao longo de todo este post: a sua verdadeira riqueza não se calcula apenas em um extrato bancário. Você tem que pensar que todos podem enriquecer juntos, e de muitas maneiras possíveis.


5 visualizações0 comentário
Fale conosco:

Tel: (15) 3263-2569

WhatsApp: (15) 99711-4028

Endereço:

Rua Dezesseis de Outubro, Nº74

1º piso, Sala 4

Centro, Boituva / SP

  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social

® Todos os direitos reservados. Imagens ilustrativas

© 2020 por Your Solutions Group.